quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Apresentamos: A dinâmica das bexigas





A equipe do Blog trouxe uma dinâmica para a sala, com a intenção de ressaltar a importância do trabalho em equipe, e da união da turma!

Antes da dinâmica, uma pequena e interessante fábula.
"Um dia, o burro de um aldeão caiu em um poço. O animal zurrou fortemente durante algumas horas, enquanto o dono procurava ajuda para o retirar. Não a encontrando, acabou por decidir que, sendo o burro já velho e estando o poço já seco, o melhor era tapar o poço e não valia a pena tirar o burro.
Convidou então todos os vizinhos para o ajudarem. Cada um pegou uma pá e começaram a atirar terra para dentro do poço. O burro, ao ver o que se estava a passar, começou desesperadamente a zurrar. Mas, pouco depois, para surpresa de todos, calou-se, e só ouvia o som de pazadas a cair. O aldeão, olhando para o fundo do poço, ficou surpreendido com o que o burro estava a fazer.
Sacudia a terra que ia caindo nas costas e dava mais um passo para cima da terra.
Rapidamente, todos viram com espanto como o burro chegou à boca do poço, saltou por cima dos bordos e partiu...

A vida vai-te atirar muita terra para cima, terra de todos os gêneros. O segredo para saíres do teu poço é sacudi-la e usá-la para dares um passo para cima. Cada um dos nossos problemas é um degrau pra subir.
Assim, podemos sair dos vazios mais profundos, se não nos dermos por vencidos...
Usa a terra que te atiram, para caminhares em frente."
escrito por Miguel Costa

Moral: Mostrar que nem sempre os caminhos mais fáceis são os melhores, aliás quase nunca. Se precisarem da ajuda de outro diga, que quando não conseguimos vencer algo sozinhos (vícios, frustrações, etc.) podemos pedir ajuda.


Dinâmica das Bexigas

Objetivo: Ressaltar a importância do trabalho em equipe.

Forma de realização: A aplicação da técnica, inicia-se com as pessoas reunidas em círculo e no centro uma bexiga para cada participante. Cada pessoa, pega enche a sua bexiga e após amarrá-la é dada a proposta de que o grupo deve mantê-las voando. Então, o monitor responsável pela dinâmica deve ir retirando os participantes lentamente, um por vez. O número de bexigas continuará o mesmo, porém o número de pessoas será cada vez menor, até chegar ao ponto de não mantê-las mais suspensas.

Um comentário:

Felipe disse...

oi é o felipe,gostei muito das postagens e achei interessante o jeito q voces postaram,bem legal!!